segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Último dia de férias


Ao longo de um mês de Agosto, ora muito quente, ora muito fresco, a Casa do Cavalo Marinho encheu-se de amigos. Sobretudo aos fins-de-semana.
Os relógios, aqueles objectos que regulam o tempo em horas, foram esquecidos. Não havia horas. Os dias eram regulados pelos banhos na piscina, pelas bebidas refrescantes e pela fome. As horas das refeições variavam de dia para dia e de acordo com os presentes.
Houve quem tivesse semanas de férias e quem tivesse o mês inteiro! Sortudos!? Talvez! Depende do ponto de vista. Neste caso, são os que não podem repartir as férias ao longo do ano... o que é uma pena!
Por vezes, é mesmo necessário parar, sair e respirar novos ares e contactar com outras culturas! Faz bem, enriquece-nos, sentimo-nos mais leves. Além de que retomar o trabalho se torna mais fácil!

3 comentários:

F Nando disse...

Sejam férias ou mesmo fim de semana as pausas na rotina são sempre salutares e retemperadoras de energias!
Como diz o ditado: "o que é bom acaba depressa"
Bjs

Teresa disse...

Olá Natália
Era bom estar sempre de férias! Ou se calhar não!
De qualquer forma, bom regresso.
Bjs

Ana Paula Motta disse...

Amiga, que saudades!!! Espero que possamos nos encontrar. É bom te ver tão entusiasmada.Beijos fraternos