segunda-feira, 3 de maio de 2010

Passion

*******



* L' orage des emotions...
Le début de tout. Être perdue et ne pas vouloir accepter pouquoi. Découvrir que tu me trouble: ton sourire, ton regard, tes gestes. Je refuse tes invitations.
Être partagée. Fuir ou laisser tomber toutes les barrières que j'ai élever autour de moi... pour me protéger, pour me sentir bien dans ma solitude volontaire...
La pinture me fascine et j' écris de plus en plus.
** Moments iluminés...
Comme les couleurs que le pinceau a versé dans un après-midi clair, je suis lumière.
La petite voix que je n' ai pas voulus écouter, s' éveille. Je ne la contrôle plus. Je la laisse parler. Et elle me dit que c' est trop tard pour fuir... Alors je la suis et elle me mène vers toi.
J' invente encore mille excuses... Mais tout me semble trop petit... sans l' avouer...
*** Vagues de tendresse...
Les vagues de tendresse que j' invente avec des couleurs et des mots me sont destinées, sans le savoir. Elles deviennent réalité. Elles disent ta tendresse, ta douceur tranquille et ton sourire délicieux. Mais seul ta présence a le pouvoir de les transformer en un océan de sensations indicibles.

(Auxerre, 1997)





19 comentários:

pinguim disse...

Que bom ver um texto em francês; tirando o português, claro está, de vez em quando lá aparece um texto em inglês, mas em francês, nada!
É uma pena a língua francesa ter deixado de ter a importância de outrora; eu sempre preferi o francês ao inglês.

Chica disse...

Não domino o frances, mas deu pra perceber que está lindo!beijos e adorei a carta da tua mãe,nos post anterior, onde a comentei!beijos,chica

Teresa disse...

Escolheste bem. O francês continua a ser a língua ideal para o amor ou, neste caso, a paixão.
Bjs

meldevespas disse...

Percebo pouco de francês, mas ainda assim adoro o som, é lindo, voluptuoso, absolutamente adequado ao tema ;D

Natália Augusto disse...

Amo o francês. Foi a minha segunda língua materna, pois nasci em França.

O francês deixou de ter a importância que tinha porque o inglês é a língua dos negócios.

Sinto tanta pena.

Natália Augusto disse...

Olá Chica,

Obrigada pelas tuas palavras.
Amei o tema deste mês e só conseguiria escrever sobre ele em francês, com Paris no pensamento.

Beijinhos

Natália Augusto disse...

Querida Teresa,

para mim a língua da paixão e do amor continua a ser o francês.


Beijinhos

Natália Augusto disse...

Querida Teresa,

para mim a língua da paixão e do amor continua a ser o francês.


Beijinhos

Natália Augusto disse...

Merci Meldevespas.

Adorei participar, pois o tema diz-me muito e transporta-me para França.


Bjs

Poetic GIRL disse...

Pois eu e o francês não temos uma relação muito afectuosa, mas consegui entender a generalidade da mensagem. Sem dúvida original! beijocas

Lala disse...

C'est comme ça la passion. Un miste de couleurs, mots et sensations douceurs.
J'ai aimé trop ton participation!! Felicitations.

Bisous**

Natália Augusto disse...

Salut Poetic Girl,

tenho a certeza que compreendeste a mensagemdo texto.
Quem é que não compreende a "loucura" encantadora da paixão?

Bisous.

Natália Augusto disse...

Bonsoir Lala,

La passion este vraiment tout ça, même si elle est éphémère. Commme dit notre poète Camões "c' est un feu qui brûle sans se voir" et qui nous rends aveugle.

Merci d' être lá avec moi. C' est très gentille.

Gros bisous

Hod disse...

Goooooll Natalia, participas com encanto. Por analogia uma bela escultura literária, sem Cinzel ou Buril.
Sinto a Paixão como mix de uma desorientação temporo espacial e torvelinhos emocionais. É um vagar por espaços longíncuos.

Bastante contente por ler-te

Forte abraço para uma semana agradável.

Natália Augusto disse...

Hod,

obrigada pelas belas e poéticas palavras com que comentou este meu post.

Merci beaucoup

Gingerbread Girl disse...

Je compri pas. (ou qualquer coisa do género... :p )

Eli disse...

Eu e o francês e o francês e eu...

Um dia vou a Paris!

:P

Hmmmmmmmmmm

Ainda não escrevi o meu texto. Costumo ser das últimas e depois lá sai...

:)

Natália Augusto disse...

Eu sei. Já me apercebi disso e que belas participações as tuas! Mesmo na "mouche".

Quanto a Paris, não deixes de ir. Vais gostar.

Bjs

:)

Olga disse...

O meu Francês é muito mau, estou enferrujada, mas consegui entender, vitória! Gostei muito, beijinhos e parabéns por mais esta excelente participação na "fábrica".