segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Natal 2008

Foto N Augusto
*******
O Inverno parece finalmente visitar-nos. Não sei até que ponto o esperávamos, mas acho que até queríamos que chegasse! Na verdade, como o Natal se aproxima a passos largos, não seria o Natal de outros tempos se as temperaturas não descessem vertiginosamente e começasse a nevar nas terras mais altas.
O Natal do ano passado foi, realmente, muito frio! Geladíssimo! É sempre assim em Trás-os-Montes. Mas houve algo de diferente, pois a natureza manifesta-se sempre de diversas formas, quando menos esperamos. Na Terra Quente não há propriamente nevões nesta época do ano. Mas o frio, no exterior das casas bem quentinhas, entranha-se no corpo até quase chegar aos ossos.
Pior que a neve, são os dias consecutivos de gelo e de nevoeiro. Como o sol não rompe a densa nuvem húmida e cinzenta, o gelo acumula-se dia a dia. Os telhados, as hortas, as árvores ficam brancos brancos e até parecem cobertos de pendentes transparentes. As águas dos rios gelam. Para prevenir acidentes, abre-se a comporta do rio Tua e, uma vez sem água, mais parece um ringue de patinagem.
Esta foi a paisagem natalícia do ano passado. Fria, natural, linda, mágica...
É nestas alturas que gosto de ir até ao Norte. Aí o Natal é mais Natal... por todas as razões que possam imaginar.

8 comentários:

Adolfo Payés disse...

Leerte siempre es un placer inmenso.. gracias por compartirlos.


Te dejo mis
Saludos fraternos de siempre..
Un abrazo

Teresa disse...

Querida Natália
Acho que tens razão, é mais bonito e é mais Natal. Mas eu confesso que sou uma mulher a baterias solares e apetecia-me mais rumar a sul.
Bjs

F Nando disse...

Natal sem frio não é Natal.
Natal é mesmo sinónimo de frio "para aquecer os corações".
Mais um Natal e que se quer frio pois para gelo já basta todas as injustiças que ao longo do ano vamos assistindo...
Bjs

Ana disse...

Olá, Natália

Concordo com a Teresa, "é mais bonito e é mais Natal", mas ao contrário dela, confesso que adorava rumar a Norte, mesmo muito norte. Tv para encontrar o "meu Norte".

Bj

Eli disse...

Olá!

Vou passar este Natal em Trás os Montes este ano. Vai ser a primeira vez. Espero que o frio não seja exagerado. Afinal preciso de fazer as viagens em segurança.

Feliz Natal!

:)

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Querida Amiga

Apenas agora estou a comentar os espaços amigos, mas nunca sem ler o que me escrevem ou sem me lembrar dos amigos mesmo quando nao escrevem.

Este post está lindíssimo. Não apenas tem uma escrita tão fluente quanto natural, como me pareceu estar a ler uma carta. Só faltou mesmo o envelope. De uma escrita quase desconcertante ao falar de algo que supostamente é trivial. Senti este post como uma carta. uau! Que lindo! Foi belo chegar agora a esta carta, mais do que a este post.

beijinhos amigos

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Natália

(nunca sei se hei-de dizer Natália se Nathatlie) deve haver uma preferência...

Acabo de comentar o post, mas fi-lo de tal forma encantado pela carta ;) que nem comentei o conteúdo. É que me identifico imensamente com ele, e sim, é com o tempo frio que é Natal, que sabe a Natal, e que no Norte se sentirá, porventura, mais o espírito de Natal, pelo menos na parte exterior.

Na terra Quente o natal deve soar mais a diversão e as temperaturas baixas ajudam a interiorizar e viver mais a época :)

beijinhos e obrigado pela amizade

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Hoje venho apenas desejar os amigos votos FELIZ NATAL!

beijinhos