domingo, 10 de outubro de 2010

Silêncio crepuscular

Foto de N Augusto

2 comentários:

Fernando Reis disse...

“Boa noite, meu anjo”
Disse o pássaro em canto.

“Boa noite, cidade”
Disse o sol em bondade

“Boa noite, estrelas”
Disse o céu a colhê-las

“Boa noite, ninguém”
Disse eu em desdém.


Sussurros Vespertinos, poema de I. P. Araújo

F Nando disse...

Gosto deste crepusculo...
Bjs