sábado, 16 de janeiro de 2010

Testemunhos do Tempo



*******



Foto de F Nando


***



*******
Vive-se inevitavelmente sonhando e concretizando,por vezes, esses mesmos sonhos. No entanto, tudo é inexoravelmente efémero. Um dia, tudo se esfuma, tudo desaparece. A inexistência é o reverso da existência. Verifa-se no reino vegetal, acontece no reino animal e, obviamente, no ser humano.
Só algo perdura durante séculos e séculos, para além do bem e do mal: as palavras. A palavra escrita. Todas as palavras dos génios que, por vezes, nem sabiam que o eram. Mas aqui estão eles connosco. Na nossa memória, nas estantes da nossa biblioteca...
Os livros são Testemunhos do Tempo. São a essência dos que os escrevem, lêem, amam, preservam!

17 comentários:

Eduardo P.L disse...

Natália, por acaso ou não? 10 objetos/coisas, e um Título! Só estaria faltando o banner e dizer com qual deles você se identifica para estar com as TAREFAS da BlogGincana cumprida!!!!!

Bjs e bom Domingo!

Sandra disse...

Ficou interessante.
Eu também estou participando...
Te espero lá..

Já estamos na coletiva.
Que tal vim dar uma olhadinha??

Venha conferir
http://sandrarandrade7.blogspot.com
Ficarei feliz com a sua visita..

Este é o momento, em que colocamos, todos os nossos momentos de alegrias e afeição.
Tudo o que tem um grande siginificado em nossas vidas, fica ali, aqui registrados.
Com muito carinho, te espero para compartilhar.
Sandra

Natália Augusto disse...

Olá Eduardo,
o meu nome verdadeiro é Nathalie, pois nasci na França. Aparece também Natália porque foi traduzido quando regressei a Portugal.
Li atentamente os seus conselhos. Será que o meu post agora já cumpre todas as tarefas?
Não gosto de ser directa, mas acho que o meu texto diz claramente que prefiro os livros.

Obrigada

Hod disse...

Olá Nathalie,
Excelente ícone de cronos. Exuberante sua participação!
Tb participo.

Forte abraço com infinitas bençãos, Alôha..!

Hod.

Natália Augusto disse...

Olá Sandra,

Obrigada pela sua visita e pelo seu comentário.

Gostei e gosto de partilhar sentimentos, pensamentos, fotografias (mesmo que não sejam da minha autoria.

Visitei o seu blogue e gostei muito.

Bjs

Natália Augusto disse...

Olá Hod,

Obrigada pela sua visita e pelos seus elogios.

Por que acha a minha participação exuberante? Tentei apenas que traduzisse o meu gosto pessoal, sendo autêntica e simples.

Gonçalo disse...

A blogosfera também é um meio importante para eternizar as palavras. Se reparares bem, já temos um arquivo interessante para mostrar ao público em geral, hoje, amanhã ou mais tarde. De qualquer das maneiras, não confiemos assim tanto na Internet e guardaremos também os textos numa gaveta do nosso computador. Para os netos reviverem as nossas aventuras e não só...

:)

Um beijinho grande para ti, amiga.

Hod disse...

Por ser simples e autêntico. Um único ideograma milenar contém um paragráfo repleto de significados.

Bastante contente por sua decisão em seguir o blog.
És bem vinda lá naquelas atmosferas!!

forte abraço,

Hod.

Mari Amorim disse...

Olá Natália
a participação dessa gincana é uma grande alegria
também estou participandp
grande beijo
Mari

Natália Augusto disse...

Concordo plenamente contigo, Mari. Deu-me muito prazer escolher os objectos, elaborar a composição, fotografá-la e colocá-la no blogue.
Além disso esta foi a minha primeira participação na BlogGincana e espero poder continua a fazê-lo.

Eli disse...

Olá!

Desculpa ter andado um pouco afastada. Obrigada por continuares a ir ao meu blogue. Dou imenso valor a isso, mas sabes, não sabes?!

Gostei do que li aqui. A minha relação com os livros é estranha. Gosto muito deles, mas nem sempre os leio. Tem alturas em que me vicio e depois passa-me...

Sem dúvida que são os maiores registos que podemos ter e pergunto-me se daqui a muitos anos os nossos registos nos blogues também serão de manter no futuro daqueles que ainda desconhecemos.

:)

Eva Gonçalves disse...

Penso que já devia ter-te adicionado, rrsss por vezes, sou um pouco distraída. Gostei deste espaço, já cá tinha vindo, mas depois esqueci-me e passou, :)
Quanto ao texto, tens toda a razão, são as palavras que perduram...os poemas, os contos, romances, pensamentos soltos, tratados, leis, jornais, vestígios da cultura de um povo, de uma sociedade num determinado momento do tempo, da diversidade do pensamento humano, mas também da capacidade criativa ímpar de cada um individualmente.
Beijinho

Fatucha disse...

olá Natália, só tinha até á data adicionado o teu blog das receitas, que parva, que nem tinha reparado neste, peço desculpa!
E olha, estou a gostar muito:)
beijinhos

Natália Augusto disse...

Olá Eva,

Estás muito a tempo de fazer parte dos meus "Viajantes pelas Palavras".
Obrigada pelas tuas palavras, pois partilhamos as mesmas ideias.

Beijocas

Natália Augusto disse...

Fatucha,
não há qualquer problema. Este é que é o meu primeiro blogue, o das receitas de cozinha é o segundo e agora tenho um terceiro. Este último está relacionado mais directamente com o que faço este ano: contar histórias.

Beijinhos

Natália Augusto disse...

Olá de novo Eli,
não tens de pedir desculpa. Então eu teria também de pedir imensas, pois nem sempre deixo o meu testemunho e, verdade seja dita, gostamos de ter o "feed-back" do que vamos escrevendo!

Beijinhos

Nade disse...

Oi, Natália!
Achei bárbara a sua foto! Delicada, original...
Também considero os livros para melhor explicar a minha foto, o meu dia-a-dia, a minha necessidade de conhecer mais.
Brilhante a sua participação!
E passarei a seguir seu blog, pois achei seu cantinho fantástico!
Bjs