sexta-feira, 30 de abril de 2010

Inspiração

Foto de F Nando
****
Não sei de onde me vem a inspiração quando escrevo. Nem em que momento. Todavia sei que tudo começa de uma ideia súbita que se materializa primeiro em imagens mentais e depois em palavras. Se é para um novo volume de uma colecção, faço um plano da história. Outras vezes a história e o livro surgem espontaneamente.

É o que me está a acontecer neste momento. Nada do que está a ser escrito foi planeado. Aliás o plano era outro muito diferente. Queria escrever algo que se relacionasse com o meu trabalho. Uma espécie de diário. Mas enveredei logo por outra aventura e a história foi aparecendo. As personagens surgiram-me por acaso, assim como o espaço e o enredo. Real e fantástico mesclam-se numa inesperada harmonia.
Como gosto desta nova aventura que pode agradar a qualquer leitor de qualquer idade.


Se tiverem curiosidade podem sempre ler esta história que vai sendo escrita em:




Se puderem ou quiserem dêem-me a vossa opinião.

8 comentários:

F Nando disse...

Bem agradeço o convite e vou até lá
Bjs

Vicktor disse...

Querida Nathalie

Muito interessantes os teus caminhos de inspiração.

Beijinho.

Gonçalo disse...

Hummm...bom serviço público!

Vou adicionar já nos meus favoritos :)

Beijinhos e bom fim de semana ;)

Natália Augusto disse...

Fernando,

És sempre bem-vindo em Fantasia. Os seus habitantes vão receber-te com entusiasmo.
Gostam muito das tuas fotos que tão bem retratam esse Mundo.


Beijos

Natália Augusto disse...

Caro Viktor,

é só deixar-me levar e não impor fronteiras ao pensamento.

Beijoca

Natália Augusto disse...

Olá Gonçalo,

Obrigada pelo teu interesse e apoio.

Beijos e fim-de-semana.

Eli disse...

Já reparei que tens outro link no teu perfil, mas ainda não me deu para investigar!

Veremos. Sabes que sou muito por momentos. Um dia vou e pronto!

:)

Força!

Usa essa inspiração e energia que é o que nos faz manter vivos por esta blogoesfera imensa!

:)

Natália Augusto disse...

Eli,

Obrigada pelo teu comentário e pelo teu conselho. Neste momento é isso que faço. Sigo a inspiração. Deixo que seja ela a levar-me.


:)