quarta-feira, 7 de abril de 2010

Regresso

Foto de F Nando
*******

Depois de uma estadia no campo, mais longa do que o costume ao longo de anos, devido a um certo mal-estar provocado por recordações menos boas, regresso à urbe.

O campo repousa-me e faz-me recarregar baterias! E depois há os mimos da mamã: os pratos e as sobremesas preferidas, certas conversas, certos gestos de carinho...

Porém, o meu ser sedento de bulício, vozearia, confusão, cosmopolitismo, cultura, ecoa no mais fundo de mim. Amo Lisboa! Basta-me. Nem necessito de explicar...
Na cidade é para pôr em prática as ideias e projectos que me surgiram naquele ambiente calmo e de perfeita comunhão com a Natureza.
Tenho novas histórias para vos contar. Se gostarem de as descobrir comigo, fiquem atentos.

15 comentários:

Teresa disse...

Bom regresso.
Lisboa na primavera é fantástica!
Bjs

Patty disse...

Vem vinda de volta.
Eu gosto mais do campo do que da cidade. Cidade só mesmo por um dia.
Ficamos à espera das tuas historias.
Bjocas
Patty

Patty disse...

É sempre bom reflectir e pensar sobre o que vamos fazer a seguir. O colinho da mãe é do melhor que há! Vou ficar aqui à espera das novidades.

Gonçalo disse...

De olhos bem abertos de atenção!

:)

Eu vou mas volto, com um beijinho para ti *;)

Poetic GIRL disse...

Claro que queremos descobrir... aliás agora ficamos sedentos delas... bjs

Natália Augusto disse...

Sem dúvida Teresa. A luz de Lisboa é linda emágica nesta estação do ano.

Beijinhos e até breve

Natália Augusto disse...

Patty,

para além do facto de ser realmente bipolar, sou realmente duas: a que ama a cidade e a que se refugia, por pouco tempo, no campo, de que também gosto. A paisagem do nordeste transmontano é linda na Primavera, sufocante no Verão, agreste no Inverno. Ali não há Outono.
Vale a pena conhecer.

Beijinhos

Natália Augusto disse...

Olá Gonçalo,

Tudo correu bem no Porto e fico feliz por isso.

Beijinhos para ti

Natália Augusto disse...

Hello Poetic Girl

Gosto mesmo deste nome/pseudónimo.

espero não ter criado demasiadas expectativas porque posso desiludir...

Beijinhos

F Nando disse...

Natália que bom teres regressado e vou aguardar essas histórias.
Beijos

Fatucha disse...

olá! tenho tanta pena de poder ir ao campo mais vezes, adoro! enfim, n sei se conseguiria viver longe de Lisboa...há alturas que penso q sim.
Bjs:)

Natália Augusto disse...

F Nando,
podes aguardar. Vão surpreender!

Beijoca

Natália Augusto disse...

Querida Fatucha,

eu também não vou muitas vezes. Pelo menos ao Norte onde a minha mãe mora. Vou apenas três vezes, pois fica tão longe.


Beijinhos

Sandra disse...

Está muito fofo este blog.
Estava com saudades suas..Por isso eu vim..

Ola!
Como é bom rever os amigos e matar a saudade..
Não há nada que pague este momento..
Agradeço carinhosamente o seu carinho em me visitar. Hoje vou conseguir postar e visitar os meus amigos. Estou com muita saudades.
Só terei os finais de semana para fazer isso. Mas prometo sempre estar por aqui..
Amo vc. Amo a sua companhia.
Meus blogs amam a sua presença. Fico muito feliz por que vem.. Deixá sempre comigo, o seu amor e carinho Planta flores e semeia carinho.
Muito obrigada. VERDADEIROS AMIGOS..CONQUISTAMOS..AMAMOS..LEMBRAMOS E SENTIMOS SAUDADES!!!
Carinhosamente,
Sandra

Ana disse...

Podes começar a contar-nos por onde andaste...
Bj gd, Natália