sexta-feira, 18 de março de 2011

"One day I'll fly away"




I love a true and impossible and painful and difficult love story. What's the fun if everything is perfect and wonderful and incredible and beautiful? Would we give love the same value? Would
we look for it pationatlly? Would it be the true love?
"A propos" have you ever really loved? Who? When? Why? How long? You don't have to answer! These are simply rethorical questions!!!
That's all...

4 comentários:

Sinhã (açorda não) disse...

de arrepiar (digo eu).:-)

mfc disse...

Que vontade imensa de o fazer... e depois retraio-me!

Natália Augusto disse...

OLÁ Sinhá,

talvez seja, de facto, todavia é por passar por uma história amorosa tão intensa que se pode encontrar (assim esperemos) o verdadeiro amor.

;))

Natália Augusto disse...

Custa, não custa? Porque podemos sofrer de mais!

O filme é um doce apesar do fim trágico!!!