quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Outro momento de saudade


Esta é a cidade onde sempre quero ir, independentemente das vezes que lá estive! É algo de umbilical que sei que me acompanhará sempre.


Tal como este e outros cadernos onde aprendi a escrever e que, dificilmente, se encontram em Portugal. Como a minha caligrafia era perfeita... até um dia que deixou de sê-lo.
Hoje deu-me para a nostalgia. Talvez tenha sido deste chuvoso dia de Outono ou do meu ser que é tantas e tantas vezes de um cizento policromo triste.

3 comentários:

Adolfo Payés disse...

Excelente como siempre..

Es un placer acercarme a tu blog..

Un abrazo
Saludos fraternos..

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Eu gosto da nostalgia; chega a ser nobre; é como as músicas suaves que não sabemos adjectivar de tristes ou belas, sendo se calhar, ambas...

E a foto do Centro Pompidou! Que saudades! :)

beijinhos amigos

F Nando disse...

Paris agora e sempre...
Beijos