domingo, 4 de janeiro de 2009

Aqui e Agora











O teu Reino é a tua sensibilidade
é a tua interioridade feita de imagens
e sensações múltiplas

***
Sente que és Aqui e Agora
no silêncio dourado
verdade integridade paixão

***
Não te deixes prender
no Outrora
que mais sublime
é saberes o sentido único
da tua existência


1 comentário:

luis disse...

Todos procuramos o sentido único das nossas existências! Que bem que se escreve aqui. Eu achava que tal brilhantismo e talento seriam merecedores de publicação. Não me enganei! Parabéns!